--------------------------------------------------

IMPOSTRÊMETRO

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Condominio e Medição de água individual



A ideia é que a conta de água para quem mora em condomínio se baseie no consumo real de cada apartamento

Atenção para quem reside em edifícios. O valor da conta da água já embutido na taxa mensal paga pelos condôminos pode estar com os dias contados. A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) anunciou, ontem, uma medida que possibilita que cada apartamento receba a sua conta individualizada. Essa possibilidade fica a cargo de cada condomínio, passando a valer a partir deste mês.

Com a medida, a Cagece espera que haja um uso mais consciente desse recurso. "O desperdício de água hoje é de difícil percepção. Na hora que se individualizar a conta, aquele apartamento que tem desperdício logo vai ser identificado. No condomínio que aderir ao processo, cada morador é que passará a receber sua conta individualmente. Isso vai contribuir inclusive para a taxa de condomínio ser reduzida", explica o gerente de faturamento e arrecadação da Cagece, Agostinho Moreira.

Pelo modelo apresentado pela Companhia, a única divisão por igual será feita com os gastos com consumo de água nas áreas comuns. Para aderir à medição individualizada, os prédios precisam se adequar a critérios técnicos, realizados por alguma empresa de Construção Civil. Para começar, é preciso que cada apartamento possua um hidrômetro instalado no ramal de alimentação. Todos os condôminos também precisam estar de acordo com a mudança.

Para oferecer o serviço, a Cagece informa que estipulou critérios baseados em diversas reuniões com a Agência Nacional de Águas (ANA), bem como as experiências de outras companhias de saneamento que já adotam este procedimento no País, ao exemplo das empresas de Pernambuco, Bahia e Goiás. Agostinho Moreira, idealizador do projeto de medição individualizada no Ceará, ressalta que, para a Cagece, os benefícios serão diminuição da taxa de inadimplência, além da redução do desperdício de água. Já para o bolso dos consumidores, a conta deverá ficar mais justa. Por exemplo, um apartamento onde residem apenas duas pessoas, enfim, passará a pagar menos do que um onde vive uma família com seis membros.

Com relação aos custos que o condomínio terá para se adaptar a nova situação, o gerente da Cagece avalia que com o passar do tempo, o investimento acabará sendo diluído. A Cagece diz estar aberta para prestar qualquer tipo de esclarecimento para os condomínios. Os consumidores podem buscar informações através do 0800 275 0195 ou em qualquer ponto de atendimento da Companhia.

Atualmente, em Fortaleza, existem cerca de 4.200 condomínios cadastrados junto à Cagece. A empresa estima, portanto, que a medida pode beneficiar mais de 124 mil famílias.

Emidio Campos
Gestor de Segurança
http://segurancadecondominio.blogspot.com
LINKSeguranca de Condominio

Um comentário:

  1. O Hidrômetro Individual foi instalado no meu condomínio e eu gostei bastante, estou pagando por um preço muito mais justo!!!

    ResponderExcluir